Feliz Dia dos Avós

Coisicas de Vovó e Vovô

Dia dos avós é o ícone de pessoa querida, nos transporta para momentos inesquecíveis vivenciados por tão ilustres seres amadurecidos de amor.
Minha vó é da época desse desenho, quituteira, prendada e carinhosa. As avós de antigamente eram lindas enrugadas, com voz aveludada, cheiro de alfazema, batas ou vestidos estampados com fita na cintura, colocavam sua dentadura dentro do copo para descansar durante o sono. Batalhadoras desprovidas de preguiça, rainhas do lar e parideira, minha vó teve 13 lindos filhos. A profissão de uma avó de antigamente era CASAR.
cats

Meu avô se preocupava com o sustento da casa, era o único provedor, trabalhava muito e ajudou a fazer os filhos supracitados. Tinha uma maneira rígida de educar, não impunha respeito e sim medo, os 13 filhos tinham medo do meu atual meigo vovô.
Falar de vó e de vô é sentir saudade, sentir cheiro de infância, sentir vontade de voltar ao tempo, valorizar com juros e correção cada momento vivido, cada emoção.
É lembrar de superstições que você acha engraçada, mas impossível esquecer: ao ver um chinelo emborcado, porque alguém vai morrer; um garfo, colher ou faca que cai no chão, porque tem gente chegando; a vassoura atrás da porta para sintonizar a visita de que é hora de partir.
Tudo se curava com chá, com ervas, com remédio caseiro, com copaíba, andiroba, crajiru, com garrafada, ninguém ia no ortopedista antes de ir no senhor que põe os ossos no lugar, ou na rezadeira.
Os avós de hoje são jovens, bonitos, antenados e internautas, lutam, buscam, materializam seus sonhos e comemoram conquistas. Os avós são mães e pais açucarados, com receitas inéditas de mimos, paparicos e proteções.
Feliz Dia dos Avós

Arcise Câmara