Após filho lhe desejar prisão perpetua, Goleiro Bruno diz que quer mesmo é saber do resultado de DNA

Pouco tempo atrás, o goleiro Bruno falou sobre o filho que teve com a modelo Eliza Samudio, pelo qual, foi acusado pelo assassinato da mesma, no ano de 2010.

A criança, a qual recebeu o nome de Bruninho, tem 10 anos de idade e vive com a sua avó, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. O menino afirmou em uma entrevista recente que seu pai deveria ficar preso para sempre, em prisão perpétua.

O goleiro então, fez um relato em seu perfil oficial no Instagram, onde fala sobre a criança e sobre a espera do resultado de DNA, o qual comprovará se Bruninho é realmente o seu filho.

Tudo comentou quando alguns seguidores do goleiro comentaram em uma última foto publicada por ele, onde o atleta aparece com a sua filha caçula, que teve com a sua atual esposa. Nos comentários, os seguidores perguntam se ele sente falta do suposto filho de Bruno, Bruninho. Confira a publicação abaixo:

catspostimg-5f333007bc0099934-1024x536AA avó de Bruninho relata que, no ano de 2010, ela e seu neto deram amostras de DNA para o teste ser feito, o qual Bruno recusou. Na época, ele dizia que não precisava fazer o teste pois acreditava que o menino era seu filho. A avó ficou sem entender porque agora ele mudou a sua opinião.

Bruno foi condenado por homicídio triplamente qualificado, por 22 anos e três meses, além de ter acusações, como por sequestro e cárcere privado do seu próprio filho com a vítima. Em 2019, Bruno recebeu uma progressão de pena e está em regime semi-aberto desde então.