Mãe morde o lábio da filha com paralisia cerebral porque ela não parava de chorar

Uma notícia dessas faz com que se pense como algumas pessoas estão perdendo o amor e a sensibilidade, que deveriam ser sentimentos comuns em todos, principalmente quando a questão envolve mãe e filha, com o agravante de ser uma criança que não têm nenhuma condição de se defender do que quer que seja por ter paralisia cerebral.

Saiba mais sobre essa triste violência que a menina de 6 anos sofreu.

Katya é a menina russa que desde o nascimento tem lutado pela vida com muita dificuldade. A criança tem paralisia cerebral e para piorar, no lugar de receber todo o carinho e assistência da mãe, Ludimila, deixou claro a aversão que sente pela menina.

Por conta da deficiência, a criança chora muito e a mãe, sem nenhuma compaixão atacou a filha em 2015.

Uma noite a menina chorou mais, talvez até poderia estar sentindo alguma coisa diferente. A mãe não agüentou o choro e com toda brutalidade foi para cima da filha e a atacou com mordidas violentas.

A mãe praticamente decepou o lábio de Katya que agonizou de dor durante alguns dias, mas como o quadro só piorava, Ludimila teve que acionar o atendimento de socorro.

A equipe de socorristas perceberam a gravidade da situação, além dos lábios quase arrancados a dentes, o nariz também estava ferido. Os profissionais chamaram imediatamente a polícia e a mãe foi presa.

Uma nova família ficou responsável pela menina, eles a adotaram e cuidaram com todo o carinho, mas aos 9 anos Katya morreu de insuficiência cardíaca.

Esse triste caso aconteceu na Rússia e a equipe de atendimento médico tomou as providências cabíveis comunicando as autoridades. O mesmo que todas as pessoas devem fazer ao saber que uma criança está sendo vítima de abusos.

Infelizmente todos os dias são registrados casos de abuso infantil e maus tratos.