9 sinais de andropausa, a menopausa dos homens

Muito se fala da menopausa, a queda natural nos hormônios reprodutivos femininos que acontece quando uma mulher atinge 40 ou 50 anos. Mas a andropausa, que atinge homens a partir de 45 anos, também merece atenção.

A andropausa é causada pelo envelhecimento das gônadas masculinas, glândulas responsáveis pela testosterona e pela produção de hormônios sexuais.

Mesmo sendo comparado à menopausa em mulheres, a andropausa não atinge todos os homens e não afeta a fertilidade. A mudança, se acontecer, é parcial e progressiva.

E por isso mesmo, muitos homens não percebem ou mesmo não conhecem os principais sintomas da andropausa. Veja os nove principais sintomas da queda de hormônio masculino:

1. Abdome volumoso: Com a idade, os homens costumam acumular uma gordurinha a mais na barriga. Mas, às vezes, esse pode ser um sinal de andropausa. Isso acontece porque a perda de hormônios provoca a diminuição de massa muscular e ganho de gordura corporal.

2. Diminuição de pelos pubianos: Uma das mudanças do padrão masculino durante a andropausa é a diminuição de pelos. É possível notar um crescimento reduzido da barba e diminuição de pelos especialmente nas axilas e púbis.

3. Aumento do volume do peito: Como dissemos antes, quando os músculos perdem o tônus, engordamos e esse ganho pode ser convertido em estrogênio, que atua para fazer os seios crescerem. Ainda que mínimo, é possível notar um crescimento.

4. Distúrbios do sono: Qualquer desequilíbrio hormonal provoca mudanças em nosso sono. Os homens tendem a adormecer cedo e acordam logo, o que os deixa sonolentos e cansados durante o dia.

5. Diminuição da libido: A baixa hormonal é proporcional ao baixo desejo de fazer sexo. Acrescente uma sensação de cansaço e teremos a perfeita combinação antidesejo.

6. Diminuição do volume dos testículos: A diminuição da produção de testosterona que é secretada pelos testículos determina a diminuição deles.

7. Alteração do humor: Quando os homens perdem a confiança em sua masculinidade, podem começar a sofrer problemas psicológicos, medo, sentimentos de solidão, depressão. O medo da morte também começa a aparecer porque eles sentem que estão em declínio.

8. Dor articular: Começam ligeiramente e aumentam com o tempo as dores nos joelhos, costas, cotovelos e mãos. É apenas parte do processo que leva à perda hormonal, razão pela qual é importante manter uma rotina de exercícios.

9. Disfunção erétil: A baixa testosterona não está diretamente relacionada à ereção. A disfunção começa a acontecer devido à perda do desejo.

Este blog de notícias sobre tratamentos naturais não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Fonte: Cura Pela Natureza