Após engravidar mãe devolve gêmeos adotados e diz: ‘Não conseguia amá-los’

Ali Sanders descobriu que não poderia ter filhos próprios, a mulher junto de seu marido Michael resolveu adotar dois garotinhos, estes gêmeos idênticos. Ali e Michael foram aprovados nas entrevistas de adoção, e o período de relacionamento para se aproximarem dos bebês que na época tinham 8 meses durou seis semanas.

Havia visitas no lar adotivo para onde os bebês iriam, e claro, toda a preparação para a chegada dos gêmeos na casa do casal. Apesar de Ali ter sido aprovada para ser a mãe dos gêmeos, ela não estava tão animada quanto deveria. Ela acreditava que não estava se apegando as crianças, e não tinha um afeto tão forte quanto o que Michael tinha.

Ali contou que por muitas vezes chegou a rezar para que os bebês não acordassem mais, pois ela deveria bancar a boa mãe sem estar com vontade ou querer.

O comportamento estranho de Ali com os bebês chegou a preocupar seu marido, que a aconselhou de ir até o médico, e assim ela fez. Para a sorte maior do casal, foi no consultório médico que Ali descobriu que estava grávida. A mulher questionou o doutor dizendo que ela e o marido eram inférteis. Surpresa!

Naquele momento Michael e Ali decidiram que iriam devolver os gêmeos para o orfanato. Hoje em dia ela conta que o único sentimento que teve pelos gêmeos foi na hora de devolvê-los para o antigo lar. Ela acredita que não poderia ter ato de amor maior do que esse.

O casal não possui nenhum tipo de autorização para que entrem em contato com os gêmeos, que depois de um tempo, foram adotados e já tem uma nova família para os dar amor e carinho. O caso gerou grande repercussão na web e muitos internautas lamentaram a atitude que ela teve em relação aos filhos adotivos.

Fonte:educadoraam.com.br