Durante batismo, pastor é engolido vivo por crocodilo

Membros de uma igreja que estavam no lago Abaya, localizado na Etiópia, assistiram uma cena que ninguém conseguirá esquecer, eles viram o pastor Docho Eshete, 45 anos, ser devorado por um grande crocodilo quando participava de em encontro religioso.

O pastor estava no lago Abaya para batizar os novos convertidos, mas o ato religioso terminou em tragédia.

A escolha do lago para realizar o batismo dos fies, mesmo a população sabendo dos riscos, o local é conhecido por ter muitos animais que habitam nas proximidades, especialmente os répteis que são animais perigosos e ficam no lago esperando o momento certo de atacar, o lago Abaya foi escolhido por ser o segundo maior da região.

No momento do ataque do crocodilo, um grupo de pessoas estava dentro do lago aguardando para serem batizados, foi quando tudo aconteceu. Todos os fies da igreja conseguiram se salvar do ataque, nenhuma das pessoas que estavam para ser batizadas foram atingidas pelo animal, escaparam do ataque sem nenhum arranhão, exceto o fator emocional que gerou pânico. Mas o pastor Docho não teve a mesma sorte e foi devorado pelo crocodilo.

A repercussão na web foi grande, pessoas estão aterrorizadas e com medo de mais alguém ser vítima do crocodilo.

Nesses ambientes, todo o cuidado é necessário, especialmente com crianças, idosos e animais de estimação que, ao se aproximar do lago podem ser surpreendidos pelos répteis que são incrivelmente ágeis, eles pegam as vítimas e não dão a menor possibilidade de defesa. São animais fortes e agressivos.

Pescadores da região lançaram redes para tentar capturar o corpo do pastor ou prender o crocodilo. Após algumas tentativas conseguiram encontrar o corpo, mas o animal fugiu.

Autoridades local informam sobre os riscos e pedem que a população tenha cuidado e não se aproxime do lago, pois as vítimas podem ser devoradas em segundos.

Os cristãos devem escolher outro local para realizar batismos e evitar outra tragédia. Para se ter uma ideia, todos os anos são registrados mais de 300 ataques de crocodilos, segundo informação do Grupo de Especialistas em Crocodilos na África Subsaariana.