Menina de 4 anos, desaparecida há 11 dias, é encontrada por cão herói

A menina morava com a mãe em uma região de pequenas aldeias na Sibéria, e seu pai residia em uma aldeia vizinha, bem próxima, de forma que a pequena Karina era costumada a ir sozinha de uma casa para a outra, visto que a localidade era bem calma e todas as pessoas se conheciam.

Assim, não havia riscos no deslocamento solitário de Karina, exceto pelo que aconteceu neste dia. Por não encontrar o pai em casa, a menina tomou a decisão de dar um passeio pela floresta, uma atitude comum a uma criança dessa idade, repleta de curiosidades e inocência.

Se fora da floresta os riscos praticamente inexistiam, no interior da mata havia grandes perigos, principalmente devido à presença de lobos e até ursos, animais típicos da região. Por isso mesmo, os homens das tribos só penetravam nessa área munidos de armas de fogo.

Ao imaginar a situação da criança perdida nessa floresta perigosa, todos os integrantes das aldeias entraram em pânico, principalmente os pais de Karina. Depois de alguns dias, a ideia que pairava sobre eles era de que, infelizmente, pudesse ter acontecido o pior.

Entretanto, a menina estava sempre acompanhada de seu cachorro, que acabou sendo o grande responsável pelo final feliz dessa história que poderia ter sido trágica. Após exatos 11 dias do desaparecimento, o cachorro reapareceu em casa e guiou-os até o local onde a pequena se encontrava.

Desidratada, com fome e muito frio, felizmente a garotinha encontrava-se viva e foi resgatada e prontamente levada a um hospital próximo. O cachorro recebeu uma homenagem da cidade, que ergueu uma estátua sua pela bravura no ato de salvar sua amiga Karina.