Ex-cozinheira conta podres de William Bonner e como sofria diariamente

Os apresentadores William Bonner e Fátima Bernardes voltaram a serem atacados por uma ex-cozinheira. Neste sábado, 6 de junho, Léa da Silva, mais conhecida como Tia Léa do Vidigal, contou que o apresentador do Jornal Nacional era muito grosso e que sofria grosserias frequentes. Ela também fala sobre como era o casamento dos jornalistas e detalha Fátima como uma mulher submissa.

O caso ganhou repercussão graças à uma matéria do site Notícias da TV. A ex-funcionária do “casal nacional”, que hoje não estão mais juntos, já faz alguns anos, contou que quando foi trabalhar para o casal, era tudo mil maravilhas, mas que William não gostava que os funcionários se comunicassem com outras pessoas do condomínio onde morava.

O apresentador também fazia ameaças de demissão, segundo revelou o vídeo de Tia Léa do Vidigal. A ex-cozinheira contou, por exemplo, do dia em que uma pessoa do condomínio deu uma carona para ela. Segundo Léa, após fazer compras, ela ficou esperando na porta do mercado e o motorista da família teve um problema.

Com objetivo de agilizar o almoço, ela pegou uma carona com alguém que morava dentro do condomínio do apresentador. Foi então que ele teria ficado nervoso. “Quando eu cheguei na casa, ele já tava sabendo da história[, e falou]: ‘Eu não quero que você jamais fale para as pessoas que você trabalha pra mim. Não ouse falar que trabalha pra mim. Se eu te mandar embora agora, tem um monte aí na frente querendo trabalhar’, disse a ex-cozinheira.

Até o momento, nem Fátima Bernardes, tampouco William Bonner, comentaram os ataques. Nas redes sociais, o caso teve enorme repercussão.