Desodorante natural: elimine o odor das axilas de forma saudável

Em um país tropical como o Brasil, é comum que boa parte da população tenha alguns problemas associados ao calor. Um deles é o suor nas axilas e, como consequência, o mau cheiro. As grandes responsáveis por esse odor desagradável são as bactérias presentes na pele.

Ao entrar em contato com o suor, elas começam a metabolizar proteínas e ácidos graxos. Durante esse processo, é liberado ácido isovalérico e o metanotiol, dois gases com odor bastante desagradável. Com o intuito de eliminar o mau cheiro das axilas, as pessoas recorrem aos desodorantes ou antitranspirantes.

Mas qual a diferença entre eles?

-Desodorante: é um cosmético cuja função é desodorizar e acabar com o odor corporal.
-Antitranspirante: atua como inibidor da transpiração, bloqueando as glândulas sudoríparas para reduzir o suor e manter o corpo relativamente seco.

Porém, os cosméticos industrializados podem causar os seguintes problemas:

-Alergias
-Manchas escuras nas axilas
-Causar vermelhidão e outros sinais inflamatórios
-Grudam e mancham as roupas

Além disso, são compostos de químicos potencialmente nocivos, como o alumínio.

Segundo especialistas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), o alumínio presente nos desodorantes pode estar ligado a doenças como o mal de Alzheimer e o câncer de mama.

Por isso, é necessário evitá-los ao máximo e optar por soluções sustentáveis e mais naturais. Pensando nisto, na matéria de hoje, resolvemos ensinar você a fazer um desodorante caseiro utilizando apenas ingredientes bactericidas, fungicidas e com odor agradável.

Para essa receita, vamos usar apenas leite de magnésia e óleo essencial de alecrim (ou óleo de coco orgânico).

Leite de magnésia
O leite de magnésia tem potencial alcalino, que ajuda a combater a acidez do suor. Desse modo, interrompe a proliferação de bactérias que causam o mau cheiro na região das axilas. Além disso, tem propriedades desodorantes, auxilia na redução da oleosidade e acidez da pele, restaurando o brilho.

Óleo essencial de alecrim
O óleo essencial de alecrim contém propriedades antimicrobianas, fungicidas, bactericidas, anti-inflamatórias e antimicóticas. Portanto, atua como desodorante, pois sua ação bactericida e fungicida elimina os microrganismos que causam odores.

Observação: o óleo de coco também é bactericida, fungicida e possui ácido láurico, eliminando as bactérias que causam o mau cheiro.

Desodorante natural
Este desodorante, além da ação bactericida que é essencial para eliminar o mau cheiro das axilas, vai deixar a pele hidratada.

Ingredientes:
-50 ml de leite de magnésia
-20 gotas de óleo essencial de alecrim
-1 frasco roll on vazio

Modo de preparar:
1- Agite bem o leite magnésia ainda em sua embalagem original e transfira a quantidade para o frasco de roll on.
2- Em seguida, adicione 20 gotas de óleo essencial de alecrim ou, caso não tenha, substitua por uma colher (chá) de óleo de coco.
3- Agite bem (toda vez que for aplicar) para misturar os dois ingredientes e passe nas axilas.

Geralmente ele seca muito rápido, porém às vezes fica aquele “líquido” grudento. Para evitar isso, você pode passar um pouquinho de talco de bebê nas axilas após a aplicação. Este desodorante natural pode ser utilizado por homens e mulheres.

Importante:

Nunca use este desodorante logo após a depilação das axilas, pois irá obstruir o poros e folículos, podendo causar foliculite.
Aguarde, portanto, um ou dois dias para iniciar o uso.

Foliculite: é uma infecção na pele que inicia nos folículos pilosos, geralmente ocasionada por uma infecção bacteriana ou fúngica.