Sabão caseiro de mastruz e arnica para lavar ferimentos e acelerar a cicatrização

O que você faz quando rala o joelho, corta o dedo ou sofre algum outro tipo de ferimento simples? Passa pomadas, antisséptico, faz curativo? Mas será que precisa de tudo isso?

Saiba que, para machucados simples que acometem a camada superficial da pele, o melhor desinfetante é a dupla água e sabão. Quando higienizado dessa forma, o ferimento deve cicatrizar em sete dias.

Por isso, aprenda como fazer um sabão cicatrizante à base de duas ervas medicinais para lavar ferimentos: mastruz e arnica.

Sabão caseiro cicatrizante: As folhas do mastruz possuem uma grande quantidade de óleos essenciais com propriedades anti-inflamatórias, cicatrizante e antifúngicas. Com isso, ajuda a acelerar a cicatrização, podendo ser utilizado até mesmo em machucados que estejam sangrando.

Um estudo do Centro Universitário UniFacid, no Piauí, concluiu que, o extrato aquoso de mastruz favoreceu a cicatrização de feridas cutâneas abertas em ratos.

A arnica tem ação anti-inflamatória, cicatrizante e analgésica. Assim ajuda a cicatrizar feridas e ferimentos, evitando os hematomas. Segundo estudo da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, a arnica é eficaz no processo de cicatrização.

Ingredientes:
– 1 punhado de folhas frescas de mastruz
– 1punhado de folhas frescas de arnica
– 1 barra de sabão neutro
– 300 ml de água

Modo de preparar:
1- Lave bem as folhas de mastruz e arnica, coloque no liquidificador, adicione a água e bata bem – não precisa coar.
2- Em seguida, rale a barra de sabão – na parte mais fina do ralo – e coloque em uma panela.
3- Junte a solução das folhas batidas e leve em fogo médio até o sabão derreter.
4- Mexa sempre com uma colher de madeira até ficar uma mistura consistente.
5- Transfira para um pote de plástico e espere o sabão secar.
6- Quando estiver bem firme, desenforme e corte em três ou quatro pedaços – como preferir.
7- Depois, é só lavar o local dos ferimentos com este sabão para acelerar a cicatrização.

Importante: Ferimentos mais profundos precisam de maiores cuidados. Em alguns casos, o corte profundo precisa até de pontos para cicatrizar melhor.

Além disso, é importante não retirar a casquinha da ferida, para não inflamar e não provocar pus. Portanto, em casos de machucados mais graves, procure imediatamente um médico.

Este é um blog de notícias que contém tratamentos caseiros. Eles não substituem um especialista. Consulte sempre seu médico.